Arquivo mensais:setembro 2019

Estruturação Financeira: O primeiro passo para a longevidade do seu negócio

O setor financeiro é o responsável por garantir à empresa melhores condições para gerir seus recursos e desempenhar com maior qualidade suas atividades. E mesmo assim, muitas vezes subestimamos sua importância. Você sabia que 56% das empresas que fecham as portas nos primeiros anos tem como motivo a crise e a falta de capital? E que 35% destas fecham por conta do seu fluxo de caixa? Uma estruturação financeira pode te auxiliar a ter maior confiança financeira no futuro de seu negócio!

O que é uma estruturação financeira?

A estruturação financeira se baseia, principalmente; na liquidez, no endividamento e na rentabilidade da empresa. Fazendo estudos completos, nos quais serão analisados os principais dados da empresa, como Balanço Patrimonial e sua DRE, ou um estudo mais superficial de dados, com o objetivo de refinanciar e reestruturar todas as dívidas e patrimônio da empresa.

E como isso ajuda meu negócio?

O estudo te ajudará a identificar quais são seus problemas financeiros e onde eles estão localizados. E então, partindo destes dados desenvolverá estudos relacionados à rentabilidade, financiamento, capital de giro, e também, aos encargos bancários e opções de liquidez. Tendo em vista os diversos levantamentos feitos dentro da própria empresa, este estudo te ajudará não só a identificar seus principais problemas, como te mostrará a estratégia mais eficaz para combatê-los!

Principais vantagens

– Melhora a saúde financeira da empresa
– Concede dados para embasar a tomada de decisão
– Auxilia na definição de questões como precificação e metas de vendas
– Melhora os resultados financeiros do empreendimento

Mas como posso começar a implementar uma estruturação financeira?

A estruturação financeira pode começar com ações simples, como algumas ferramentas e bons hábitos. Vários pontos podem impactar nos seus resultados sem você saber o porquê. Então, para melhorar isso é importante utilizar desde hábitos como: manter todas as notas fiscais e controlar itens, como produtos de limpeza e papelaria, entre os gastos da empresa, até ações mais elaboradas, como: a separação de contas pessoais e da empresa e a utilização de planilhas de controle de estoque e finanças.

As planilhas como ferramentas de controle

Armazenar seus dados em planilhas é uma excelente forma de manter a gestão das informações da sua empresa. Se você registrar todas as movimentações da sua empresa, desde produtos de limpeza, até as operações e fluxo de caixa, poderá ter uma visão muito mais assertiva quanto à situação atual da sua empresa.

Como podemos ajudar?

Agora você já sabe o que deve é, e como iniciar uma estruturação financeira. Mas e como botar tudo isso em prática? Ainda precisa de alguma ajuda? Nós, da Júnior FEA-RP, podemos ajudar! Nós oferecemos uma experiência única, com um projeto personalizado e de preço acessível para você. Seu projeto será recorrentemente acompanhado pelos consultores e professores da USP, trazendo atualizações sobre o andamento do projeto. Além disso, você terá um canal de comunicação com os coordenadores e consultores do projeto, que estarão à disposição para tirar quaisquer dúvidas que você tenha. Entre em contato e venha viver a experiência Júnior FEA.

Como fidelizar seu cliente: 7 Dicas para você melhorar seu relacionamento com seus clientes

A fidelização de clientes é um dos grandes desafios que pequenas empresas lidam diariamente, e é bem provável que você enfrenta, ou já enfrentou, alguma dificuldade relacionada à este problema. Para isso, nós da Júnior FEA-RP iremos dar algumas dicas de como você pode desenvolver planos de ação para fidelizar seus clientes.

1. Entenda seu cliente

O primeiro passo para que você possa planejar como irá fidelizar seus clientes é entende-los. O que gera um diferencial na experiência do cliente? O que influencia na sua decisão final? Quais são os serviços que o cliente está mais interessado? Esses são alguns exemplos de perguntas que você deve fazer para começar a desenvolver sua estratégia.

2. Cadastre seus clientes

Realizar um cadastro de seus clientes é essencial para você adquirir informações básicas sobre o perfil de seus cliente e possa entende-los melhor. Faça um banco de dados com informações importantes como endereço, idade, sexo e outras informações relevantes para seu negócio. Outro dado importante são as formas de contato, pois elas serão uma forma de aproximar o cliente da empresa.

3. Aplique Feedbacks e colete dados

A aplicação de feedbacks é uma excelente ferramenta para a coleta de dados. É uma forma de complementar os dados adquiridos no cadastramento, permitindo que você faça perguntas assertivas para conhecer seus clientes e como eles estão se relacionando com a sua empresa, além do que eles valorizam, como: o ambiente; a variedade; a rapidez na compra; a simplicidade no pagamento e a pós-venda.

É importante que você faça um feedback de maneira eficiente. Algumas boas práticas incluem: Fazer apenas as perguntas importantes para o seu segmento; oferecer bonificações do interesse do cliente e coletar indicadores em forma de perguntas, como o NPS. Para isso, faça perguntas utilizando escalas numéricas e abra espaços para comentários.

4. Invista no atendimento

Assim que entender o que seu cliente quer, você deve personalizar a experiência do seu atendimento de acordo com aquilo que o cliente valoriza, e que oferece um diferencial da concorrência. Isso promove a satisfação e sensação de valorização pelo cliente.

Treinamentos de atendimento; cultura focada no cliente; atenção no pós-venda são todos investimentos que agregam valor para a empresa.

É interessante adotar o uso de ferramentas de CRM (Gestão de Relacionamento com o Cliente) como o Agendor ou Salesforce, para manter a gestão da informação e relacionamento com o cliente.

5. Marketing digital e redes sociais

Para manter o cliente fidelizado e sempre pensando na sua empresa, é importante fazer uma forte presença nas redes sociais e manter a comunicação constante. Trazer novidades, mandar e-mails de aniversário, produzir conteúdo, são ótimas formas de fazer isso.

É muito importante investir em um plano de comunicação para fortalecer sua imagem, algo essencial para que a presença da sua empresa cause o impacto desejado e nisso nós podemos ajudar, é só clicar aqui!

6. Parcerias com negócios complementares

A parceria estratégica com negócios complementares ao seu segmento, podem ser extremamente valorizadas pelo seu cliente. Para isso, deve haver um alinhamento de benefícios para o cliente vindos dessa parceria. O que for oferecido pode até mesmo integrar outra estratégia de fidelização do cliente, que vermos a seguir.

7. Crie um programa de fidelização

Programas de fidelização são uma das formas mais eficientes e baratas de fidelizar um cliente. Com base nas informações que conseguiu de seus clientes, você pode elaborar um programa de fidelidade alinhado com o que os clientes valorizam. Dessa forma eles terão maior interesse no que você oferece, além de estimular o retorno, aumenta a satisfação do cliente.

Alguns exemplos de programas de fidelização são interessantes, como: 1 item de graça após 10 compras; brindes; promoções por período de assinatura e benefícios em negócios parceiros.

Como podemos ajudar?

Agora você já sabe o que deve fazer para fidelizar seus clientes. Mas e como botar tudo isso em prática? Ainda precisa de alguma ajuda? Nós, da Júnior FEA-RP, podemos ajudar! Nós oferecemos uma experiência única, com um projeto personalizado e de preço acessível para você. Seu projeto será recorrentemente acompanhado, trazendo atualizações sobre o andamento do projeto, além disso, você terá um canal de comunicação com os coordenadores e consultores do projeto, que estarão à disposição para tirar quaisquer dúvidas que você tenha. Entre em contato e venha viver a experiência Júnior FEA.