Arquivo mensais:outubro 2020

5 Indicadores de análise para sua empresa

Quando se fala de uma empresa, logo se remete a uma organização, ou seja, um conjunto de pessoas que combinam esforços com foco em um mesmo propósito. Mas não o bastante, é muito importante também saber de que forma essa equipe está trabalhando para que os objetivos sejam atingidos, e se, de fato, estão todos seguindo numa mesma direção.

Isso se resume na estratégia da sua empresa, e é essencial que todos os integrantes estejam bem alinhados a ela, para que assim, as metas traçadas sejam alcançadas. Mas como saber se suas estratégias estão de acordo com os objetivos estabelecidos? E como saber se a equipe está de fato alinhada com as estratégias da empresa? Para isso, foram separadas 5 dicas para que você acompanhe e mantenha em dia o planejamento estratégico do seu negócio:

1. Fazer construções conjuntas com a equipe

Incentivar a integração da equipe e o trabalho conjunto voltado para desenvolvimento interno é uma ótima maneira para alinhar a equipe e entender a visão e a experiência que cada um tem com a empresa.

2. Indicadores estratégicos

São aqueles que indicarão qual caminho a empresa enfrentará pela frente e estão ligados a missão e visão dela. Com um prazo entre 3 e 5 anos, os indicadores estratégicos podem ser definidos através da Análise PEST e Análise SWOT, em que são feitas análises do mercado externo.

3. Indicadores táticos

Serão aqueles que traçarão os objetivos e metas da empresa de longo prazo de acordo com as
condições nas quais ela está inserida, traduzindo-as em planos de ações para cada setor que a
compõe.

4. Indicadores operacionais

São indicadores mais específicos e que estão vinculados diretamente com o dia a dia operacional da empresa e com os funcionários integrantes de um processo. São indicadores de desempenho essenciais para o alcance dos objetivos táticos e estratégicos.

5. Conhecer sua capacidade

Não adianta traçar metas e objetivos grandiosos, mas que não condizem com a realidade da
empresa. É muito importante saber qual a capacidade de sua empresa e até onde ela pode chegar, para que assim seja traçado um desenvolvimento gradativo e coerente com o negócio. Por isso, é essencial a comparação esperada x realizado, sendo possível identificar também possíveis gargalhos no dia a dia operacional da empresa. Em suma, é essencial que boas metas e um acompanhamento dos indicadores de desempenho.

Se quiser saber mais sobre planejamento estratégico ou até mesmo realizar um para sua empresa, a Júnior FEA-RP pode te ajudar. Agende uma reunião de diagnóstico e descubra de que forma você pode impulsionar seus resultados.

Como conhecer o ambiente externo pode ajudar sua empresa?

Cada vez mais vemos que as empresas têm buscado se preparar tanto para entrar no mercado como para realizar um planejamento que ajude na continuidade do trabalho. E em um momento tão competitivo e tão cheio de inovações, conhecer muito bem o ambiente externo, ou seja, o ambiente em que a empresa está inserida se torna essencial para alcançar o sucesso.

Entendendo o que é uma análise externa

Quando dizemos “conhecer o ambiente externo”, primeiramente temos de entender que ele é tudo aquilo que está em volta da empresa, pensaremos que são aqueles agentes que fazem parte do mercado como um todo, influenciam a empresa a todo momento, porém que não estão sob seu controle.

Então realizar essa análise, é procurar entender de que maneira todos esses agentes vão afetar nossa empresa ou nossos produtos e serviços. E mais do que isso é tentar trazer isso ao nosso favor.

Alguns exemplos são: Quais as oportunidades existentes no mercado para nós? Quais as ameaças? De que forma a variação do dólar nos afeta? Como as novas políticas podem nos servir de ameaças ou oportunidades?

A seguir veremos algumas ferramentas que podem nos ajudar nesse processo.

Pesquisa de Mercado

Podendo ser utilizada em diversos momentos a Pesquisa de Mercado é um instrumento de suma importância tanto para a empresa que está procurando iniciar suas atividades tanto para aquela que já está algum tempo no mercado, mas está buscando entender o comportamento do mercado.

Existem vários tipos de Pesquisa de Mercado, mas colocando de maneira geral ela vem sanar a necessidade de entender melhor sobre nosso público alvo, sobre nosso campo de atuação, nossos concorrentes e clientes. Percebe-se então que é um modo de entender esse ambiente que nos cerca e como eles nos apresenta oportunidades e ameaças.

Exemplificando: Em 2020 no Brasil se confirmou a crescente do mercado de alimentação saudável, com a procura das pessoas em se alimentar de uma forma mais saudável, esse mercado se encontra em constante evolução deixando oportunidades pelo caminho. A Pesquisa de Mercado poderia nesse caso procurar entender se essa preferência de compra em uma determinada região se confirma, ou seja, estaríamos procurando entender o nosso ambiente externo antes de entrar nesse mercado.

Análise SWOT

Uma das “queridinhas” pelas empresas e consultores, a Análise SWOT que é bastante presente em um Planejamento Estratégico, é uma técnica que procura auxiliar tanto organizações como pessoas a identificar suas Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças.

Percebe-se que essa análise nos dará uma visão mais aprofundada do ambiente interno (Forças e Fraquezas) e do ambiente externo (Oportunidades e Ameaças).

Análise PEST

Outra que é bastante conhecida é a Análise PEST, ela é uma ferramenta muito valiosa para entender os fatores externos que podem influenciar a empresa. Com ela, busca-se ter um olhar mais focado para o nosso ambiente macro, analisando questões Políticas, Econômicas, Sociais e a Tecnológicas.

Com ela novamente conseguimos identificar oportunidades, se prevenir quanto a ameaças e até mesmo entender as inovações no mercado.

Há algum tempo, já existe a Análise PESTEL, que além desses pontos citados anteriormente procura entender também questões ambientais e legais.

Olhando para essas ferramentas citadas, entende-se a importância de conhecer o ambiente externo e que ele também é responsável por influenciar diretamente o desempenho e resultados de uma empresa.

Porém, vale ressaltar que essas análises sem um olhar mais aprofundado, técnico e profissional deixam muito a desejar, com isso é de extrema importância que busque profissionais especializados para auxiliá-lo a extrair o máximo dessas ferramentas e executá-las da maneira correta.

Gostou da matéria? Identificou algum problema em seu negócio e não sabe como solucioná-lo? A Júnior FEA pode ter algo para te ajudar. Entre em contato com um de nossos consultores.

Autor

Mateus Lameu
Consultor de Projeto e Analista financeiro

Como os restaurantes estão enfrentando o distanciamento social?

Desde o início da pandemia do covid-19 houve o implemento das políticas de lockdown, onde os estabelecimentos foram fechados em prol da prevenção contra nova doença, ocorreram muitos debates sobre como os estabelecimentos poderiam continuar operando com essa nova política. Um dos estabelecimentos mais afetos foram os restaurantes, onde grande parte teve que reduzir sua lotação máxima, uma vez que o lockdown completo acabasse. Para passar por essa crise alguns restaurantes apareceram com ideias novas que podem servir de exemplo para qualquer negócio passando por momentos desafiadores.

A primeira ideia seria a mais básica e a mais importante, exigir que tanto seus funcionários como seus clientes usem máscaras dentro do estabelecimento, é imprescindível para garantir a segurança e o bem-estar de todos durante o atendimento. Alguns restaurantes também oferecem álcool gel e outros até máscaras para seus clientes se sentirem mais seguros.

A segunda ideia veio em uma onda que já estava surgindo, sendo essa a integração com o meio digital. Se antes já era muito bom ter meios de entrega por delivery online, na pandemia esse nicho cresceu mais ainda. Essa estratégia é muito importante uma vez que grande parte da população ainda está relutante em sair para um local público que não seja de extrema urgência. (Como trabalhar com E-commerce?)

Por fim, considerando que essa crise provavelmente será muito prejudicial para os negócios em termos financeiros, é importante saber como cortar custos e melhorar sua balança econômica, tudo isso claro, sem perder a experiência que seu cliente sempre encontrou em seu estabelecimento. Seguindo essa linha, algumas ações que podem ser tomadas incluem: revisar o cardápio e cortar alguns dos ingredientes mais caros (desde que tal ingrediente não seja muito associado ao restaurante), também há a possibilidade de conseguir descontos com seus fornecedores ou mesmo oferecer descontos e promoções aos seu clientes, de forma a conquistar uma nova clientela ou reanimar a sua clientela antiga.

Após ter tudo isso em mente podemos ver uma oportunidade com esta crise, claro que ela é algo muito prejudicial que não deve ser vista com bons olhos, porém podemos ver que algumas mudanças em nosso dia a dia podem nos fazer sair da zona de conforto e olhar para lugares que nunca tínhamos olhado. Após realizar estas mudanças, é provável que o restaurante em questão esteja com os processos muito mais optimizados e prontos para lidar com futuros problemas.

Gostou da matéria? Identificou algum problema em seu negócio e não sabe como solucioná-lo? A Júnior FEA pode ter algo para te ajudar. Entre em contato com um de nossos consultores.

Autor

Matheus Ancona
Coordenador de Inteligência de Mercado