Análise SWOT (FOFA): o que é e como fazer

Você já deve ter se perguntado: o que é uma análise SWOT? Por que ela é tão comentada no mundo corporativo? Qual a importância de uma matriz SWOT? Como eu a faço? O que preciso para ter maior vantagem competitiva no mercado? 

Ficou curioso e quer entender como a famosa análise swot (fofa) pode ajudar o seu negócio? Então fique tranquilo que nós vamos te explicar em detalhes. 

  • O que é análise SWOT?
  • Por que fazer uma análise SWOT?
  • Como fazer uma análise SWOT em 4 passos?
  • Quais os benefícios de uma matriz SWOT?

O que é análise SWOT?

Análise SWOT (FOFA), sigla em inglês para forças (strengths), fraquezas (weaknesses), oportunidades (opportunities) e ameaças (threats), é um instrumento de análise para empresas e negócios que surgiu na década de 60 por Albert Humphrey, na Universidade de Stanford. 

Como uma ferramenta de gestão estratégica, ela auxilia na elaboração do planejamento estratégico da organização e fornece a análise do ambiente interno (forças e fraquezas) e do ambiente externo (oportunidades e ameaças). Com isso, a empresa ou negócio poderá se antecipar em relação às mudanças no mercado e aumentar sua vantagem competitiva diante dos seus concorrentes.

Por que fazer uma análise SWOT?

Segundo o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), existiam cerca de 8,5 milhões de microempresas no Brasil em 2018. Porém, apenas 30% desses negócios se mantiveram por apenas dois anos.

 Além disso, 39% das empresas fazem planejamento estratégico (Dados: 5A Company).

Em um mundo globalizado e tecnologicamente avançado, a última coisa que queremos é ficar para trás. Para que a sua empresa ou negócio possa criar um bom planejamento estratégico e operacional, é fundamental que ela tenha a base necessária, ou seja, uma análise SWOT. 

Isso permitirá entender o seu posicionamento diante da concorrência, identificando as ameaças e oportunidades, além dos fatores internos, como, as forças e fraquezas. 

Como fazer uma análise SWOT em 4 passos?

Agora que você já entendeu a necessidade de se fazer uma matriz SWOT, deve estar se perguntando: Mas como eu faço? 

  1. Reúna uma equipe diversa: Responda às forças (internas), fraquezas (internas), oportunidades (externas) e ameaças (externas). Mas para isso, tenha o máximo de ideias de pessoas de diferentes áreas e cargos, fazendo um brainstorming.
  2. Refinamento dos resultados: Em seguida, passe todas as informações por um funil, onde as suposições e “achismos” serão descartadas.
  3. Registro: Depois, registre, consolide e organize as informações para que todos da organização possam ver.
  4. Planos de ação: E por fim, defina juntamente à equipe planos práticos de ação que possam maximizar as forças e oportunidades, e reduzir os riscos das fraquezas e oportunidades.

Quais os benefícios de uma matriz SWOT?

E para finalizar, os frutos de uma análise SWOT:

  1. Fornecimento de dados concretos para tomar as melhores decisões.
  2. Desenvolvimento de estratégias para curto e longo prazo.
  3. Simplicidade, acesso e eficiência.
  4. Apoio na redução de custos financeiros e de tempo para o planejamento estratégico da empresa.
  5. Alinhamento das equipes que estarão a par dos dados adquiridos.
  6. Aumento da vantagem competitiva no mercado, uma vez que se conhece a concorrência.

Obrigado por acompanhar a leitura até aqui! Esperamos ter te mostrado como criar uma base sólida para o planejamento estratégico da sua empresa ou negócio.

Quer saber mais sobre planejamento estratégico e SWOT?  Entre em contato conosco e marque uma reunião de diagnóstico gratuita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *