Por que implementar fluxo de caixa na empresa?

Você tem dificuldade de acompanhar as finanças de sua empresa? Sabe por que é importante implementar um fluxo de caixa? Vamos entender sua função e sua importância para a estabilidade financeira e tomada de decisões de uma empresa.

Você tem dificuldade de acompanhar as finanças de sua empresa? Já ouviu falar sobre fluxo de caixa? Vamos entender sua função e sua importância para a estabilidade financeira e tomada de decisões de uma empresa.

O que é fluxo de caixa?

É um recurso essencial para garantir a saúde financeira de empresas, independente do porte ou ramo de atuação. Ele permite gerenciar e controlar as movimentações financeiras, entradas e saídas de dinheiro de uma empresa, viabilizando análises, revisões e até mesmo previsões futuras das movimentações financeiras.

Essa ferramenta também gera mais organização por conter informações como: contas a pagar e receber. Por isso, para ser eficiente, é necessário ter disciplina para que as informações sejam precisas e toda transação monetária seja contabilizada. A desorganização pode gerar rombos no caixa, extremamente difíceis de serem rastreados, podendo comprometer gravemente as finanças da empresa.

O fluxo de caixa é importante em empresas pequenas, médias e grandes. Em empresas de menor porte, é comum que as contas pessoais se misturem com as contas da empresa, uma vez que “tudo pertence ao dono”. Porém, essa confusão do patrimônio da pessoa física e da pessoa jurídica pode gerar um desconhecimento das verdadeiras condições da empresa, comprometendo gravemente a estabilidade financeira dela. Desta forma, a implementação do fluxo de caixa pode proporcionar uma maior organização das finanças da empresa.

O acompanhamento constante do faturamento é um ótimo indicador para uma empresa avaliar a eficiência de suas estratégias frente ao mercado. Além disso, com o faturamento também é possível fazer previsões e traçar metas para períodos seguintes.

Por que implementar o fluxo de caixa?

Esta ferramenta traz diversos benefícios à uma empresa, por permitir que empresário conheça a realidade, visualizando a movimentação dos recursos financeiros da empresa e, assim, fazer com que ele diminua gastos desnecessários, elabore estratégias de investimentos e de empréstimos, controle e organize pagamentos futuros e, consequentemente, tome melhores decisões visando a estabilidade orçamentária da organização. Isso tudo é possível, pois o registro das entradas e saídas permite a ele calcular dados como: saldo operacional (tudo o que entrou menos tudo o que saiu) e saldo final (somatório do saldo operacional com o saldo inicial).

Como implementar?

Essa ferramenta de gerenciamento financeiro pode ser aplicada manualmente com o uso de cadernos ou agendas, o que é extremamente trabalhoso, ou de maneira automática com planilhas de Excel ou softwares específicos. O Excel permite automatizar vários recursos e é a opção mais simples e barata.

Para iniciar o processo de implementação é preciso:

  • Aprender alguns termos técnicos básicos (exemplo: caixa, capital de giro, patrimônio líquido, etc.)
  • Anotar diariamente as despesas, pagamentos e recebimentos.
  • Categorizar corretamente despesas e receitas.
  • Verificar o saldo diariamente.
  • Analisar semanalmente e mensalmente para fazer uma boa estratégia para o período seguinte.
  • Planejar pagamentos e recebimentos futuros.
  • Planejar e gerenciar o estoque.
  • Consultar as condições financeiras da empresa antes de tomar decisões financeiras.

Em suma, o fluxo de caixa consiste no registro das entradas e saídas de uma empresas, que permite uma tomada de decisões com maior segurança, direcionar de maneira mais eficiente os recursos financeiros, antecipar a falta ou sobra de dinheiro, melhorar a política de prazos de pagamentos e recebimentos e estar a par da capacidade de pagamento da empresa antes de assumir novos compromissos. Quanto mais informações você tiver, mais você conhecerá sua empresa e, assim, melhores serão as estratégias e o desempenho da organização.

Gostou do conteúdo? Veja esse artigo também: 5 Dicas para separar de vez os gastos pessoais das contas da empresa”

Por que implementar fluxo de caixa. Marque uma reunião de diagnóstico gratuita.

Autora

Bruna Kummer
Consultora de Projetos